Google+ Combine Cores com a Roda Cromática e use o Feng Shui para harmonizar sua casa! - Estilo Feng Shui de Viver
terça-feira, 20 de agosto de 2013

Combine Cores com a Roda Cromática e use o Feng Shui para harmonizar sua casa!



Combinar cores pode parecer difícil, mas mesmo para os leigos no assunto, usar a roda cromática para a harmonização de cores vai deixar o trabalho bem mais fácil!


Vamos imaginar que você tenha alguém na casa, um filho ou filha que esteja com dificuldades no estudo, por exemplo. Como vimos na postagem anterior: Feng Shui e o significado das cores, à cor que melhor se encaixa para o caso é o amarelo!

Só para lembrar, o significado da cor amarela:

Para o Feng Shui a cor amarela é a cor da luz, que estimula a comunicação, atividades mentais e abre o apetite. O Feng Shui indica a cor para o uso de quartos de estudos, mas com moderação, pois em excesso provoca muita tagarelice, pensamentos acelerados e confusos, provocando preocupação. A Cromoterapia, também concorda que a cor atua diretamente sobre o mental e estimula o raciocínio.

Pois bem, encontrada a cor ideal, como coordená-la?

Se você tiver condições no momento, você pode pintar uma parede do quarto de estudos ou se for o mesmo onde a criança dorme, pinte a parede à qual fica a frente de sua mesa de estudo, ou seja, a criança deve ficar de frente para a parede amarela.

Se estiver impossibilitada para gastar no momento com pinturas e reformas, então use sua criatividade com objetos e adornos para a mesa de estudos: porta-canetas, mural para recados, se puder encape os livros e cadernos com papel na cor amarela. Você também pode comprar quadros decorativos na cor, ou mesmo pintá-los. Aqui vale a indicação de Mandalas! Ótimas para estimular a percepção da criança! Coloque-as de frente para a mesa de estudo.

Se a mesa ficar em ângulo para a cama, você também pode investir em um belo edredom com a cor predominante em amarelo, abuse de almofadas, por exemplo!

Para que o amarelo não fique tão predominante no quarto, quais outras cores usar?

Abaixo está a roda cromática, que auxilia na coordenação das cores:

O disco cromático é composto pelas cores primárias, secundárias e terciárias: azul, amarelo, vermelho, verde, laranja, roxo, azul esverdeado, azul violeta, amarelo esverdeado, amarelo alaranjado, vermelho alaranjado, vermelho e violeta. O branco, o preto e a cinza são cores neutras, por isso são consideradas curingas.

Arquitetos, decoradores, designers e até estilistas lançam mão do círculo cromático para poder harmonizar os tons e criar efeitos que não são cansativos ou exagerados. Saber usá-la é uma das artimanhas que mesmo leigos podem aproveitar na hora de decorar um ambiente.

Vejamos abaixo as multicombinações possíveis que foram criadas e estudadas a partir da observação da natureza.


- Policromia: é o emprego de muitas cores num mesmo trabalho, formando um todo agradável;

- Monocromia: usa-se apenas uma cor, podendo estar em diferentes tons (claros ou escuros) e também é conhecida como tom sobre tom;

- Análogas: é quando reunimos quatro cores que aparecem em sequência, juntas no círculo. Não há contrastes porque todas têm uma cor em comum;

- Complementares: também chamada de harmonia oposta ou contrastante, combina cores que ficam opostas na roda de cores, mas que se complementam por possuírem força e extensão;

- Harmonia de 60°: cada fatia do disco tem 30°, portanto são as cores que formam a figura de um triângulo equilátero, com três lados iguais. Escolhemos uma cor do círculo, pulamos três e escolhemos a próxima;

- Harmonia de 90°: forma o desenho de um quadrado no círculo. Escolhe-se uma cor, pula as duas seguintes e escolhe a próxima até completar o quadrado;

- Harmonia de 120°: usa-se uma cor do disco, pula a seguinte e pega a próxima, até formar o desenho de um hexágono no círculo.

           
Na hora de colocar em prática as harmonias, é preciso levar em conta as proporções do espaço, uma cor muito forte num espaço pequeno vai ficar claustrofóbico, pois a cor forte fecha o ambiente. Mas se pegarmos uma única parede para aplicar a cor forte, como laranja, vermelho, verde, e deixar o restante claro, preferencialmente branco, vai dar destaque, quebrar a monotonia e alegrar.

Temos que ter em mente que o exagero é sempre o principal erro e o segundo é o medo de ousar. Muitas vezes, por medo de errar, escolhemos cores muito claras e pálidas e o ambiente fica sem graça.

Observe o espaço como um todo, se colocar o ambiente todo de amarelo, o olho vai pedir outras cores, por isso o ambiente monocromático é cansativo.

Para quem não quer errar, vai aqui uma dica os contrastes sempre dão certo! No caso aqui, amarelo e violeta. Mas se usar a harmonia do 60º amarelo, azul e vermelho e assim por diante.

Estas cores servem para o uso das paredes restantes, mas também para a decoração do quarto todo, objetos decorativos, adornos, cortinas, enfim, a criatividade não tem limites.


Mãos a obra! 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...